Rejeição

Tenho um defeito, o de me magoar  fácil com as pessoas, basta que elas me rejeitem, por eu não escrever tão bem, por eu  negra, por ser  nordestina, por ser feia, por ser gorda, por ser pobre, por eu ser quem sou.

Talvez seja eu quem dá valor demais as pessoas que me rodeiam, talvez seja eu a culpada em achar que posso ter amigos, que posso ser amada, que possa ser elogiada.

Talvez eu seja a maior responsável, querendo ser demais, e achando que está recebendo de menos, não devemos esperar tanto dos outros?

Talvez eu é que esteja esperando demais, talvez eu esteja colocando a arte de fazer sem esperar  em maus lençóis.
Ainda que isso aconteça, sempre vem o motivo tal, que fazem questão mostrar que melhores que eu existem, ainda que digam, não ninguém é melhor que ninguém, cada um é especial, me enganei novamente? Será?

Desprezada fico em meus pensamentos, passada prá traz e sem nenhum argumento.
Sinto palavras falsas soando no ar.

As pessoas me rejeitam, e dizem, não você é especial, mais é como se dissessem, mais tem alguém mais que você, tem, pessoas mais lindas, mais, magras, mais brancas, pessoas mais tudo que você.
As pessoas me rejeitam e acham que tudo é normal, que tudo está bem, que tudo muda.

As pessoas simplesmente me rejeitam, porque eu não sei rejeitá-las e sempre que quiserem e lembrarem de mim, eu estarei lá, mesmo sabendo que tais pessoas me rejeitam.

Ai como eu queria me magoar com coisas mais importantes que isso. Queria sim, dar menas importâncias a estas coisas que machucam, mais que não é nada demais.

Anúncios